Introdução ao ScadaBR

Basicamente, os sistemas SCADA (Supervisory Control And Data Aquisition) são softwares utilizados para supervisionar e controlar atividades ou processos que detenham algum nível de automação. Estes sistemas podem ser encontrados maneira ampla em...

Basicamente, os sistemas SCADA (Supervisory Control And Data Aquisition) são softwares utilizados para supervisionar e controlar atividades ou processos que detenham algum nível de automação. Estes sistemas podem ser encontrados maneira ampla em aplicações industriais, no entanto, também estão presentes em outros setores, como por exemplo, geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, atividades acadêmicas e até mesmo em projetos automação residencial.

As atividades de supervisão realizadas por um sistema SCADA sobre um determinado processo ocorrem por meio da aquisição dos dados referentes ao comportamento das variáveis de controle existentes através de sensores. Em contrapartida, a função de controle desempenhada pelo sistema SCADA está relacionada ao envio de comandos para os equipamentos e dispositivos presentes no processo em questão.

Desta maneira, nota-se que, para atingir o objetivo de monitorar e controlar sistemas ou processos com eficiência, o software SCADA deve possuir a capacidade de comunicar-se com o um grande número de dispositivos, inclusive, produzidos por diversos fabricantes. Sendo assim, os sistemas SCADA normalmente oferecem uma vasta gama de drivers de comunicação, envolvendo os mais diversos protocolos utilizados, para que a troca de informações possa ocorrer com o mínimo de incompatibilidade possível.

Até pouco tempo atrás, os sistemas SCADA eram mais utilizados em conjunto com equipamentos como CLPs e SDCDs, no entanto, com a popularização de estruturas embarcadas mais acessíveis e dotadas de uma certa capacidade de processamento como por exemplo, um elemento da família Arduino ou algum tipo de Raspberry Pi, os sistemas SCADA estão sendo cada vez mais encontrados em aplicações de automação, das mais variadas vertentes, envolvendo os dispositivos citados.

 

O ScadaBR

 

Após essa breve introdução sobre o conceito de sistema SCADA, apresenta-se um sistema de controle supervisório e aquisição de dados chamado ScadaBR, que por sua vez será o foco deste e de outros artigos. O ScadaBR consiste em um sistema SCADA open-source, isto é, que possui licença gratuita, permitindo assim, a manipulação e redistribuição do software caso seja necessário.

 

Assim como a maioria dos sistemas SCADA, o ScadaBR possui basicamente duas frentes, sendo que uma delas é voltada para o desenvolvimento, onde pode-se produzir interfaces gráficas para que o operador do processo (ou projeto) em questão possa interagir de maneira mais eficiente com o mesmo, seja monitorando as variáveis do processo ou até mesmo manipulando-as, enquanto a outra é responsável pela execução da aplicação.

Além das tarefas usuais de controle e supervisão, o ScadaBR também disponibiliza várias ferramentas auxiliares como por exemplo:

* Banco de dados para armazenamento das informações recebidas visando proporcionar a possibilidade de consultas posteriores.

* Gerenciador de alarmes e eventos para indicação de falhas ou situações excepcionais.

* Ferramentas de representação gráfica das informações ao longo do tempo, permitindo a realização de análises do comportamento de uma ou mais variáveis.

* Ambiente de elaboração de Scripts para desenvolvimento de lógicas de automação

* Gerador de relatórios

 

Estas e outras informações, assim como o manual de usuário do ScadaBR podem ser encontradas aqui.

 

INSTALAÇÃO DO SCADABR

Neste momento serão demonstrados os passos necessários para que o ScadaBR possa ser utilizado. Primeiramente, deve-se efetuar o download do ScadaBR propriamente dito, de modo que, para realizar este procedimento basta clicar na aba downloads presente no site do ScadaBR e em seguida no botão apresentado na figura abaixo, ou caso prefira, basta clicar aqui.

Em seguida, deve-se efetuar o download do Java Runtime Environment 6 (lembre-se de escolher a versão compatível com o sistema operacional que está sendo utilizado). Este pode ser encontrado aqui

Após a realização dos dois itens descritos, pode-se proceder com a instalação de ambos (para evitar erros, recomenda-se que o JRE 6 seja instalado antes do ScadaBR). Por fim, para acessar o ScadaBR basta clicar no ícone do mesmo (ou inicia-lo diretamente ao final da instalação) e inserir “admin” em ambos os campos (User id e Password, note que posteriormente será possível modificar estes parâmetros).

 

Este foi mais um conteúdo que preparamos com bastante cuidado para você. Esperamos que tenha gostado deste artigo e lembre-se de deixar suas dúvidas, críticas e sugestões nos comentários abaixo.

 

Autor: Daniel Madeira

Engenheiro Eletricista – UFES (Universidade Federal do Espírito Santo)

Técnico em eletrotécnica – IFES (Instituto Federal do Espírito Santo)

Categorias
ScadaBR
Um Comentário

Enviar Resposta

*

*

Sobre nós

Hoje a Usinainfo é um dos maiores ecommerces de Ferramentas, Peças para Eletrônica, Componentes Eletrônicos, Sensores e Arduino do Brasil, contando com uma grande diversidade de produtos na linha de eletrônica.

Sugestões

Artigos Relacionados