Como Crimpar Cabo de Rede – Kit Crimpagem para Cabos de Rede RJ45!

Viver em um mundo tecnológico significa viver em um mundo de constante inovação e aperfeiçoamento, no passado quem tinha internet em casa e precisava rotear para mais de um...

Viver em um mundo tecnológico significa viver em um mundo de constante inovação e aperfeiçoamento, no passado quem tinha internet em casa e precisava rotear para mais de um computador deve lembrar que haviam fios azuis atravessados por toda a casa dependendo de onde era instalado o computador.

Com o avanço das novas tecnologias conseguimos desenvolver sistemas de internet sem fio para nossas redes residenciais e empresariais, mas mesmo assim em determinados casos nos deparamos com a necessidade de utilizarmos os cabos de rede em computadores ou locais sem rede wi-fi disponível.

Vale lembrar que não somente para isto, mas os cabos de rede são responsáveis pela transmissão de todo tipo de dados, seja dado de internet ou até mesmo transferências de arquivo entre estações ou compartilhamentos de periféricos como impressoras, por exemplo.

A importância destes cabos fazem com que reflitamos sobre os devidos cuidados que devemos ter com o mesmo, crimpar um cabo de rede significa confeccionar um cabo de ponta moldada com o intuito de melhorar a conexão e a comunicação entre periféricos de um mesmo cabo.

A Crimpagem de cabos é um processo que diferente dos demais conhecidos, necessita de um alicate próprio para execução deste serviço, o Alicate de Crimpar torna possível através da pressão exercida sobre os pinos moldar os terminais de cabos Cat-5 Cat-5e e Cat-6.

Visando auxiliar o profissional e o hobista deseja trabalhar neste ramo, a Usinainfo desenvolveu um kit especial com tudo o que existe para auxiliar o desenvolvimento e Crimpagem de cabos de rede, o Kit Crimpagem para Cabos de Rede RJ45 é composto por um Alicate de Crimpar, 5 metros de cabo de Rede Cat5e, 10 conectores RJ45 e um testador de cabos de rede e telefone.

 

 

CABO DE REDE

Os cabos de rede diferente do que muitos imaginam, possui um tamanha mínimo e um tamanho máximo recomendado para seu perfeito funcionamento, recomenda-se que o cabo possua uma metragem mínima de 30cm e máxima de 100 metros, caso extrapole esta medida, o recomendado é a utilização de um HUB / Switch, por exemplo.

Ao retirar o invólucro, comumente azul, existente nos cabos de rede, poderá perceber oito fios coloridos dos quais são divididos em pares e entrelaçados na mesma sequencia de cores sempre, traçados com o intuito de evitar interferências eletromagnéticas durante a transmissão de dados.

Vale lembrar que todo cuidado é pouco tanto nos processos de instalação dos cabos através de tubulações e quanto a Crimpagem dos conectores, sempre tomando o cuidado de deixar para crimpar os cabos depois que os mesmos já estiverem devidamente instalados.

Para crimpar cabo de rede alguns cuidados também precisam ser observados, um deles refere-se ao padrão adotado para o posicionamento dos cabos de acordo com as suas cores, o padrão cabo de rede foi desenvolvido com o intuito de normatizar as ligações elétricas e eletrônicas de cabos e conectores, denominadas de EIA/TIA 568.

Existem dois padrões que são os mais utilizados, são eles o padrão EIA/TIA 568A e EIA/TIA 568B, cada qual com suas características que nada se diferem quanto a seu desempenho ou qualquer outra característica física do cabeamento, a única diferença está na posição dos seus pares na hora de crimpar.

No Brasil a maioria das redes são montados no padrão 568A, porém em eventuais casos uma ligação diferenciada é necessária para o funcionamento de equipamentos que não possuam inteligência de chaveamento TX/RX, é o cabo conhecido como Crossover onde necessita-se de uma ligação direta entre TX e RX.

Para os casos nos quais torna-se necessária a utilização de um cabo crossover, seja para troca de dados entre computadores, que também é possível, seja para a comunicação de dados de rede, a Crimpagem deve ser realizada com uma das pontas no padrão 568A e outra no padrão 568B.

ALICATE DE CRIMPAR

Antes de trabalhar com o Alicate de Crimpar, precisamos conhecer todas as funcionalidades que o mesmo possui, além de ter a capacidade de crimpar conectores RJ45, o alicate ainda possui duas guilhotinas, uma para cortas os fios e outra para auxiliar na decapagem dos mesmos.

O alicate de crimpar possui locais específicos para a Crimpagem de conectores do tipo RJ11, RJ12 e RJ45 compatível com cabos dos modelos Cat-5, Cat-5e e Cat-6, é uma maneira fácil e segurar de realizar a instalação de cabos ethernet, por exemplo, para a sua rede.

Tendo tudo em mãos, o alicate de crimpar, o cabo de rede e o conector RJ45, vamos analisar como crimpar nosso cabo da forma mais adequada. Inicialmente devemos escolher qual esquema de ligação será utilizado, modelo 568A ou modelo 568B e lembrar-se que toda rede precisa trabalhar neste mesmo padrão.

Sabemos que existem dois padrões de posicionamento de fios para a Crimpagem dos conectores RJ45 junto aos cabos de rede, através disto, podemos diferenciar ainda dois tipos de cabos possíveis de se montar e que possuem características próprias e fundamentais, são eles:

Cabo Direto: o cabo direto é utilizado principalmente para realizar a conexão entre HUBs Switchs e seu computador, interligando dois equipamentos com a capacidade de enviar dados sem uma troca simultânea entre os dois equipamentos. Para este modelo devemos realizar o mesmo padrão de Crimpagem em ambas as pontas.

Cabo Crossover: este modelo de cabo é conhecido pela comunicação direta para troca de dados simultâneos, geralmente utilizado para interligar dois computadores este tipo de cabo possibilita a troca de dados entre ambos, podendo ser utilizado para interligar também HUBs Switchs. Para este modelo devemos realizar diferentes padrões de Crimpagem em suas pontas, em um dos lados o padrão 568A e do outro 568B.

Após ter escolhido o padrão e o tipo do seu cabo de rede, chegou a hora de finalmente prepara-lo para o processo de crimpar, após escolher a metragem do cabo que irá utilizar, desencabe parte da ponta do mesmo através do local específico do alicate, girando-o até retirar a parte cortada.

Os fios coloridos que constituem o Cabo Ethernet são separados em pares e neste momento devemos desenrolá-los e deixa-los separados uns dos outros, ao mesmo tempo que desenrola um fio do outro, aproveite para estica-lo e melhorar o seu trabalho nos próximos passos.

Com as pontas já individualizadas, o próximo passo é organizá-las lado a lado de acordo com o padrão escolhido e através da lamina de corte do alicate, emparelha-los lado a lado para inseri-los junto ao conector RJ45, lembrando que o conector deve ficar com a trava para baixo e os pontos metálicos virados de frente ao operador, a sequencia dos fios vai de 1 até 8 contando da esquerda para direita.

Vale lembra que neste momento duas coisas devem ser cuidadas, os fios desencapados não podem ficar para fora do conector e consequentemente o cabo azul deve estar com metade do seu corpo para dentro do conector, caso ocorra dos fios coloridos ficarem para fora, deve-se cortá-los e alinhá-los dentro do conector novamente, observe como deve ficar seu cabo já instalado junto ao conector:

Após certificar-se que todos os seus fios coloridos chegam até o final do conector e aproximam-se das placas douradas do mesmo, devemos encaixar o conector no local específico do alicate e pressionar o alicate com força para que as travas metálicas encaixem-se nos fios e garantam a comunicação dos mesmos.

 

Após realizar o procedimento, verifique se todos os conectores estão ok e caso algum ainda esteja solto, ou para cima, realize o processo mais uma vez e certifique-se que todos ficaram no devido lugar.

TESTADOR DE CABO DE REDE RJ45

Ao finalizar o processo de Crimpagem do cabo de rede, precisamos nos certificar de que todos os oito terminais de um dos lados do cabo está perfeitamente conectados ao seu respectivo correspondente, se algo estiver errado e não conseguirmos utilizar para sua finalidade, pode ser que tenhamos certa dificuldade para encontrar o problema.

Visando auxiliar o profissional e hobista que realiza o processo de Crimpagem, o Kit Crimpagem para Cabos de Rede RJ45 conta com um exclusivo testador de cabo de rede, um produto extremamente funcional que possibilita o teste isolado de cada um dos fios conectados junto ao conector RJ45.

Desenvolvido em duas partes encaixadas, elas podem ser separadas e utilizadas nos casos em que um dos conectores está no andar no andar de baixo ou distante um do outro, por exemplo, estando instalado e não podendo aproximar as pontas uma da outro para a verificação lado a lado ou diferenciação de cabos.

No vídeo acima podemos verificar as principais características e o funcionamento do Testador de Cabos de Rede RJ45, podendo ser utilizado também para cabos de telefone RJ11.

CONCLUSÃO

Crimpar um cabo de rede parece ser teoricamente bem complicado, mas com o tempo e a prática torna-se um processo extremamente simples, basta seguir os passos de escolha do padrão utilizado e do tipo de cabo que deseja e então crimpar o seu cabo de rede.

Se você gostou deste artigo não se esqueça de compartilhar com os seus amigos deixar o seu comentário e dica para o pessoal que acompanha o blog e se tem alguma sugestão de algum conteúdo que você queira conferir não se esqueça de comentar logo a baixo.

 

Categorias
Ferramentas

Mecânico de Manutenção com Experiência em Sistemas Embarcados, Automação e Desenvolvimento de Projetos; Graduando dos Cursos de Matemática - URI e Física - UFFS.
2 Número de Comentários
  • Betowender
    4 fevereiro 2018 at 00:44
    Enviar Resposta

    586B começa com branco laranja, vcs trocaram.

    • Equipe Usinainfo
      6 fevereiro 2018 at 19:14
      Enviar Resposta

      Olá!
      Pedimos desculpas pelo equivoco e agradecemos pela dica, já corrigimos o erro e a imagem está correta de acordo com o padrão mencionado.

    Enviar Resposta

    *

    *

    Sobre nós

    Hoje a Usinainfo é um dos maiores ecommerces de Ferramentas, Peças para Eletrônica, Componentes Eletrônicos, Sensores e Arduino do Brasil, contando com uma grande diversidade de produtos na linha de eletrônica.

    Sugestões

    Artigos Relacionados